quinta-feira, 29 de agosto de 2013

POLÍTICA DE AFIRMAÇÃO


As vezes, eu me pergunto:
O que estamos fazendo aqui?
Será que estamos realmente vivos?
Inventamos a vida para não morrer.
Queremos ser imortais, deuses...É  isso  o que importa.
Caridade é para poucos.
Muitos são aqueles que passam fome.
Lucro certo para os que comem em churrascaria de rodízio.
Vamos ajudar os pobres e comer muita picanha, muita picanha...
Os nossos filhos precisam dormir em berços esplendidos com confortáveis  travesseiros de ganso.
Vamos ligar a televisão, sentar na poltrona da sala e assistir o “criança esperança”.
Doação eleva a alma.
Salva-se antes que o mundo acabe.






Rudi Rot