quarta-feira, 4 de junho de 2014

ENCHENTE

e a água imundou a minha cozinha
eu existo desde que ela existe
eu quero tapar os meus ouvidos
os gatos miam
a sol late
coçar as mãos dá dinheiro já dizia a minha vó
corre e joga no peito
a água anuncia novos tempos
a água limpa
a água lava os nossos erros

na minha cabeça tem muita coisa boa pra te dar
é só aguardar
ouvir o silêncio: kings of convenience
e textuo aqui e agora
essas palavras que saem como música
parece um sapateado nunca visto

vamos deixar a água nos limpar de uma vez por todos
o mundo des-água
imaginamos rios e cachoeiras
aquela mensagem...
deixa pra lá
vamos amar como nunca
prepare o suco de abacaxi com hortelã
pizza de grãos
fome pra dentro d´alma
amanhã a vida continua nua
que roupa iremos colocar?
Dormir e acordar....